História
Curta a nossa Página!
1965
•••
Fundação
Dr. José Targino cursou Medicina na Universidade Federal de Pernambuco, terminou o curso em 1962 e em 1963-1964 foi médico residente no Hospital das Clínicas em São Paulo. Nesse período, ao mesmo tempo em que estudava, já tinha visão empreendedora, tinha a intenção de montar um hospital em Campina Grande, pois o serviço de urgência era muito precário, existia apenas um pronto-socorro na cidade. Em seu pensamento ele não queria ser apenas mais um médico, pretendia fazer o diferencial, e com ajuda do seu irmão começou a comprar o material para montar um centro especializado em ortopedia e traumatologia.
Ao enviar a primeira remessa de equipamentos, a carreta que os transportava sofreu um acidente danificando-os bastante e tendo que ser restaurado aqui em Campina Grande. Foi um período de muita preocupação e dúvidas, porém, mais uma vez, com muito esforço, Dr. José Targino seguiu em frente alcançando o seu objetivo.
Em 1965 foi fundado o Hospital Antônio Targino, nome que faz referência ao seu pai, caminhoneiro, que faleceu de acidente automobilístico, quando José Targino tinha apenas 17 anos. Naquela época, por ser ortopedista, deu ao centro a alcunha de Hospital do Acidentado, que inicialmente possuía apenas 14 leitos.
2016
•••
Modernização
Hoje, com 51 anos de história, não é mais o Hospital do Acidentado, passou a ser referência em alta complexidade no setor da neurocirurgia, ortopedia, cardiologia, dentre outras áreas. O Hospital Antônio Targino, atualmente, é o único hospital na Paraíba que realiza transplantes de rins e futuramente transplante de fígado.
Com 150 leitos disponíveis, além de uma moderna Unidade de Tratamento Intensivo, o HAT presta atendimento ao SUS (Sistema Único de Saúde), particular e convênios, sendo os últimos predominantes.